Escala Pentatônica

Ao contrário do que muitos pensam, a escala Pentatônica é muito antiga e também é muito utilizada no mundo todo. Em tese ela possui origens mongólicas e japonesas e desempenha um papel muito importante em toda a música oriental, africana e celta.


A escala Pentatônica é uma escala composta por cinco notas, é uma escala referência no Blues, Rock’ N Roll e muitos outros estilos musicais. A escala possui cinco notas com o propósito de se evitar o Cluster (Clâster) – Cluster é a sonoridade produzida quando tocamos duas notas que compreendem um intervalo de semitom, ou seja, numa escala de Dó Maior (a exemplo) se dois guitarristas tocam simultaneamente um a nota E (Mi), e o outro a nota F (Fá), é clara e bem audível a desafinação que elas causarão pela proximidade das duas notas (tecnicamente consiste no intervalo harmônica de segunda menor). A intenção da escala Pentatônica é de que não ocorra em momento algum de a melodia se chocar com as notas dos acordes que formam a base (harmonia), isso torna fácil a improvisação quando se sabe aplicar corretamente a escala Pentatônica.

Observe os desenhos da escala abaixo:

Estes são desenhos da escala Pentatônicas de Am (Lá Menor), os números do lado das escalas são simples referências da localização dos desenhos no braço da guitarra pois eles representam a casa do braço da guitarra onde se situa o desenho. Note que as notas B (Si) e F (Fá) não se encontram na escala. A escala Pentatônica de Am é portanto: Lá – Dó – Ré – Mi – Sol .

A título de curiosidade o Blues utiliza escala Pentatônica Menor enquanto que o Rock utiliza Pentatonica Maior, estilos que podem ser executados simplesmente mudando a tônica de um mesmo desenho. A Pentatônica de Dó Maior possui as mesmas notas da escala de Lá Menor, sendo então Pentatônica de Dó Maior: Dó – Ré – Mi – Sol – Lá. Analise:

Este é um dos desenhos para ser analisado mais detalhadamente.

Visualize as notas circuladas de vermelho. Quando elas são a tônica da escala (nota de repouso) a escala é Menor. E agora, as notas circuladas de azul, estas são utilizadas como tônica quando a escala é Maior, ou seja, a tonalidade da escala acima é C – Am (Dó ou Lá menor). Isso ocorre pois estas duas notas são relativas.

Para que se possa tocar a escala em outra tonalidade basta deslocar o(s) desenho(s) com o intuito de que a tônica, seja ela maior ou menor, coincida com as dos desenhos apresentados aqui. Analise os desenhos abaixo que estão na tonalidade de Em – G (Mi menor ou Sol maior) e tire suas próprias conclusões. Leia também nosso artigo sobre Modos Gregos

4 Responses to Escala Pentatônica

  1. David Brasil disse:

    O texto mais esclarecedor sobre escalas que li.

  2. ismavolk disse:

    Essa é a melhor explicação sobre pentatônica que já vi na internet, leitura agradável, dizendo apenas o necessário e adicionando dicas valiosíssimas!

    Muito obrigado

  3. Jhony disse:

    Nossa,estão de parabéns. Eu não entendia muito sobre as escalas pentatônica,mas agora entendo. Graças a vocês, valeu pessoal!! Muito bom o Post!!

  4. Jhony disse:

    Nossa,estão de parabéns. Eu não entendia muito sobre as escalas pentatônica,mas agora entendo. Graças a vocês, valeu pessoal!! Muito bom o Post!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>