CAPTADORES

Estes são a parte mais importante da guitarra, o coração da guitarra. Juntamente com outros fatores, madeira e encordamento, são responsáveis pelo timbre do instrumento. Podem ser ativos ou passivos, simples ou duplos, na posição braço, central ou ponte, a guitarra pode possuir dois ou três.
Possuem vários nomes de acordo com suas especificações: Pick Up, Single Coil, Humbucker, etc.

O captador de guitarra tem função de transformar as ondas mecânicas produzidas (o som), principalmente produzidas por cordas, em ondas elétricas. Existe uma grande quantidade de tipos e qualidades de captadores no mercado, eles são habitualmente classificados levando em conta suas características técnicas: Quanto à alimentação, dividem-se em captadores ativos e captadores passivos; quanto ao número de bobinas, dividem-se em captadores simples (single-coils), captadores duplos (humbuckings) ou quádruplos (quad-rail); poder ser divididos ainda, quanto ao material magnético, em captadores cerâmicos e captadores de alnico.




Captadores passivos

Não necessitam de alimentação elétrica para funcionarem. Apresentam grande integração com os demais materiais da guitarra. Enorme variedade de timbres e qualidades. Em maioria são de alta impedância e captam interferências diversas com facilidade.
Os captadores são na verdade uma bobina, ou seja, consistem de magnetos enrolados por um fio (coil) criando assim o campo magnético que é perturbado pelas cordas de metal ao vibrarem em frequencias diferentes, tal perturbação no campo magnetico gera o impulso elétrico que mais tarde é convertido em som (onda mecânica).


Captadores ativos

Necessitam de alimentação para funcionarem. Integração reduzida com os materiais da guitarra. Sons uniformes, previsíveis e pequena variedade de timbres. Captam menor interferência por terem menor impedância.

Captadores cerâmicos

São feitos com material mais barato e são mais comuns no mercado.


Captadores de Alnico

São feitos com materias mais caros e selecionados, sua qualidade normalmente é superior aos cerâmicos. Os imãs dos núcleos são feitos de uma liga de Alumínio, Niquel e Cobalto. Existem varios tipos de AlNiCo dependendo da percentagem dos componentes em sua mistura. O mais comum em captadores são os AlNiCo II e o V. Magnetos compostos de alnico tendem a soar mais vintage. São também comumente mais caros devido à materia prima.


Captadores simples (
single-coils)

São estruturados apenas com uma bobina. São mais sensíveis às interferências que causam ruídos. Em geral, o timbre resultante tende a ser mais limpo, brilhante, estalado e estridente em comparação com os humbuckers. Um exemplo do uso de captadores single é o timbre das guitarras Fender.


Captadores duplos (
humbuckings ou humbuckers)

Todos os captadores magnéticos estão sujeitos a interferências eletrônicas emitidas por outros aparelhos. Em alguns casos, essas interferências podem causar muitos ruídos, e prejudicar bastante a qualidade do som. Pensando nisso, a Gibson criou um novo tipo de captador, denominado Humbucker.
Com suas duas bobinas, os Humbuckers são capazes de eliminar praticamente todos os ruídos anômalos causados pelos campos magnéticos do ambiente. São compostos por dois Single Coils, um ao lado do outro, com polaridades invertidas. Dessa forma, os ruídos captados por um single são eliminados pelo outro. O sinal musical também é reforçado, usando duas bobinas há uma mudança no timbre. O captador humbucker tem um tom “gordo” e “pesado”, facilmente associado às Les Pauls e SGs, se contrapondo ao tom “limpo” e “brilhante” dos captadores Single Coil, das Strato e Telecasters.



Captadores quad-rail

São estruturados com quatro bobinas em um só corpo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>